Malévola

O filme mostra a história da vilã da famosa história da Bela Adormecida e tem como premissa mostrar como Malévola se tornou uma feiticeira má. Sim, ela era uma fada boa com poderes mágicos e com muita alegria de viver, protetora do mundo dos Moors. Mundo este, repleto de criaturas mágicas e com grandes riquezas. Malévola (vivida brilhantemente por Angelina Jolie), ainda criança conhece e faz amizade com Stefan, um garoto humano e essa amizade evolui para um amor de infância, porém a ambição do garoto e seu sonho de se tornar rei do seu mundo o faz trair Malévola, fazendo com que ela se torne amargurada e com sede de vingança. Quando a filha recém-nascida de Stefan, Aurora nasce, Malévola a amaldiçoa com um terrível feitiço que determina que ao completar 16 anos a menina picaria seu dedo em uma roca e cairia num sono profundo como a morte. Para evitar a profecia o rei deixa a menina com 3 fadas para que a criem longe de qualquer perigo, porém Malévola se aproxima e estranhamente começa a desenvolver um carinho pela menina. 

Malévola O longa impressiona com os efeitos especiais, a caracterização de Angelina Jolie com seus chifres e asas e as fantásticas cenas de luta merecem destaque. O filme tem muitos pontos positivos, como o elenco que além de Jolie traz Ellen Fanning como Auror,a que conquista dando a uma personagem sem sal uma certa profundidade e consegue conquistar o expectador. Ao mostrar que a vilã da clássica história da Disney não é tão má assim, o longa reforça a idéia de que todos tem um lado bom e ruim e que nem sempre tudo é o que parece ser. Acompanhando algumas produções recentes da Disney como Frozen, a trama mostra uma nova tendência e tenta passar uma mensagem politicamente correta para as jovens meninas de que não existe príncipe encantado e indo contra a idéia do amor a primeira vista.
Aurora2

De forma geral, o filme surpreende e traz uma história bem amarrada com efeitos especiais de primeira linha e um elenco que segura a trama de forma espetacular, talvez um dos poucos pontos negativos do filme seja a demora para o clímax com as cenas de ação, ficamos muito tempo esperando o conflito acontecer e Aurora crescer, além de seu final ser um pouco previsível, a partir da metade do longa já conseguimos visualizar como irá terminar a história. Nada disso porém tira seu valor e ele se mostra como uma ótima opção de diversão e uma releitura politicamente correta de uma das mais famosas histórias clássicas da Disney.

Nota: 7,5

Confira o trailer: