Call me Fitz

A série Call me Fitz é uma produção de comédia canadense criada por Sheri Elwood e é baseada no humor negro. A produção ficou a cargo das seguintes produtoras: Amaze Film Television em parceria com a Big Motion Pictures, Entertainment One, The Movie Network — TMN e The Movie Central — TMC. No Brasil é transmitida pelo Canal Sony.

A série traz como protagonista, o personagem Richard Fitzpatrick, interpretado pelo ator Jason Priestley, que viveu o personagem Brandon, na série adolescente que marcou época,Beverly Hills 90210 (Barrados no Baile) entre 1990 e 2000. O ator tentou ao longo dos anos firmar sua carreira, afastando-se do estilo teen, porém não alcançou muito sucesso, limitando-se a participações em produções para a tv. Atualmente, a série está em produção da sua segunda temporada, e vem alcançando bons índices de audiência.

O enredo gira em torno do protagonista, mais conhecido como Fitz, basicamente um vendedor de carros que vive sua vida sem se importar com nenhum código moral. Fitz é viciado em drogas, sexo e álcool,além de sempre tirar vantagem de quem quer que seja para conseguir uma venda. A vida de Fitz tem um abalo quando ele conhece Larry (Ernie Grunwald), um novo colega de trabalho, que é exatamente o oposto do protagonista. Larry é o bom samaritano ideal, aquele que segue todas as normas de conduta ética e moral. Ao conhecer Fitz, ele decide iniciar um projeto: O de mudar o estilo de vida e comportamento do colega, tornando-se assim sua consciência.

A trama segue uma fórmula que nos remete a outras produções recentes como Californication, onde o protagonista também é um homem viciado nos prazeres da vida e que vive de maneira inconsequente. Pórém Call me Fitz tem um estilo único, que a faz se sobressair sobre as outras produções. O humor negro é bem dosado e o estilo canadense traz um diferencial ao ritmo da série. Jason Priestley tem uma boa performance, mostrando que é um ator de talento e versatilidade, que só precisava de uma chance para mostrar isso ao público.  Talvez o ponto negativo da produção seja ao mesmo tempo seu diferencial.  Séries e filmes canadenses possuem um ritmo e um estilo diferente do estilo americano, seguindo uma linha mais lenta, tendendo pro gênero cult. Para os fãs acostumados com comédias clássicas americanas, a série passará despercebida. Em resumo, uma boa opção de série de comédia cult que agrada aqueles que apreciam piadas mais inteligentes e refinadas com um bom toque de humor negro. A abertura é ótima e criativa, sendo outro diferencial da série.

Nota: 8.0

Confira o trailer da primeira temporada da série: