Annabelle

O filme Annabelle é um longa de terror que conta a história de uma boneca amaldiçoada que fez parte de outro longa. Trata-se de um spin off, uma produção que deriva de outra já existente, Invocação do mal (The Conjuring) (Veja resenha aqui) estrelado por Patrick Wilson e Vera Farmiga, que  surpreendeu com a ótima performance de bilheteria e a boa recepção pela crítica, o que é bem difícil tratando-se do gênero terror.  Com uma pesada estratégia de marketing e publicidade apoiada no sucesso de Invocação do mal e no fato de a história ser baseada em uma história dita verídica (a boneca realmente existe e se encontra no museu de ocultismo do casal Warren), Annabelle chegou aos cinemas prometendo ser um grande sucesso, tal qual seu filme originário, porém não contando com os mesmos produtores e trazendo um elenco bem inferior não atingiu o mesmo estrelado.

Cena de Annabelle

A história se passa na décadas de 70 e se propõe a mostrar a história inicial da boneca, muito antes dela chegar as mãos de Ed e Lorraine Warren. Somos apresentados ao casal Mia e John, jovens recém-casados que se mudam para uma nova casa, prontos para começar o sonho americano e  prestes a ter seu primeiro filho. Porém tudo muda quando John traz um presente para a esposa, uma boneca (medonha por sinal) para completar sua coleção de bonecas. Em uma noite, eles têm a casa invadida por um casal que pertence a uma seita demoníaca. A mulher acaba se matando no quarto que seria do bebê, morrendo abraçada com a boneca recém-chegada, Anabelle. Isso faz com que eles se mudem para um novo apartamento, porém estranhos acontecimentos começam a acontecer na nova casa também e tudo indica que a boneca tem algo a ver com isso.

Cena de Annabelle 2

Annabelle não faz juz a seu antecessor e realmente não chega aos pés da produção original, mas não chega a decepcionar.  O filme traz uma atmosfera de drama que dura até mais da metade da história, mas as atuações fracas e a falta de uma trama mais amarrada fazem dele um filme de terror apenas razoável. No quesito sustos também deixa a desejar, raras são as cenas em que o expectador realmente se assusta e a boneca muitas vezes passa de protagonista a coadjuvante na história. De certa forma Anabelle surpreende, pois sua estratégia de publicidade prometia um filme de terror com muitos sustos e até estilo pastelão e o que vemos é um filme de terror psicológico que aposta mais no drama e em um bom desenrolar da história. Se você procura um filme que te deixará acordado a noite, não é sua melhor opção. Também não espere ver uma continuação de Invocação do mal ou algo da mesma qualidade cinematográfica, mas conte com uma boa opção de divertimento, principalmente se for um amante do gênero terror e do drama.

Nota: 6,5

Confira o trailer