A Morte do Demônio (Evil Dead)

 

Evil deadDepois de assistir ao trailer do remake de Evil Dead, fiquei muito ansiosa para assisti-lo, mesmo sem ter visto o orginal da década de 80 pois diga-se de passagem, o trailer é muito assustador e eu como fã de carteirinha dos estilos terror e horror criei muitas expectativas sobre a produção. O filme começa mostrando uma cena que dá o gancho para a história, uma espécie de explicação prévia sobre a entidade maligna que irá estrelar o filme. De cara já gostei do início, eu pessoalmente adoro filmes do gênero que já começam com uma cena forte antes de introduzir a história.

 A história começa com a chegada de 5 amigos em uma cabana na floresta, até ai o velho clichê de filmes de terror, porém eles não estão ali para diversão e sim para uma espécie de tentativa de desintoxicação da personagem principal, Mia que está tentando se livrar do vício das drogas. O grupo é formado por um casal de amigos e seu irmão e a namorada. Ai outro ponto positivo do filme, mesmo sendo um filme de horror, o roteiro integra uma carga dramática na história, mostrando a relação difícil entre Mia e seu irmão que abandonou a família, deixando a garota sozinha com sua mãe doente mental. E talvez nesse ponto o filme perca alguns pontos com os fãs do horror, pois ao longo de todo o filme, o drama familiar é explorado, tornando o filme um pouco mais sério do que deveria. Após algumas horas o grupo encontra um porão com animais mortos e sinais macabros que indicam algum tipo de ritual de bruxaria. E juntamente encontram um livro sinistro que ao ser lido por um dos personagens liberta uma entidade demoníaca que fará da vida do grupo um verdadeiro inferno.

 A partir dai temos muitas cenas sanguinolentas dignas de um bom clássico do horror. A atmosfera do filme porém está mais para o terror, com cenas de suspense e constante tensão. E é nessa mistura que o filme ganhou minha atenção, pois esperava puramente uma produção de horror e o toque de terror em minha opinião engrandeceu muito o filme, prendendo a atenção até o último minuto. Alguns clichês não foram evitados (mas alguns já fazem parte do gênero e não podem faltar), porém o final fugiu um pouquinho do previsível. Um ponto negativo foi a falta do toque cômico característico desse tipo de produção, o filme mantém sua linha de seriedade e as vezes dá para sentir falta daquela leveza e comédia dos filmes clássicos de horror.

Cena de Evil dead

 Em resumo, Evil dead é um filme que agradará aos fãs do horror e também aqueles que curtem filmes de terror, porém está longe de ser um clássico do horror como O massacre da serra elétrica. Quem espera um filme aterrorizante também poderá se decepcionar pois o filme não cumpre o prometido no trailer, porém para quem quer assistir um bom filme de horror e terror é uma ótima opção, um filme que foge do padrão e agrada bastante os aficionados pelo medo nas telonas.

Nota: 8.0

 

 

Confira o trailer: